10 hábitos do dia a dia que podem ajudar a evitar o diabetes

Mudanças no estilo de vida são fundamentais para a prevenção e mesmo para o controle do diabetes. Milhares de pessoas em todo o mundo possuem alto risco de desenvolver a doença por conta dos maus hábitos da vida moderna que levam ao sedentarismo, por exemplo. Muitos pacientes conseguem reverter o quadro de pré-diabetes somente aderindo à hábitos saudáveis, com uma alimentação equilibrada e prática de exercícios físicos. Veja 10 hábitos do dia a dia que podem ajudar a evitar o diabetes.

Vá ao médico periodicamente (Foto: Divulgação)
Vá ao médico periodicamente (Foto: Divulgação)

10 hábitos do dia a dia que podem ajudar a evitar o diabetes

Tomar algumas medidas, que envolve hábitos saudáveis cotidianos, reduzem de forma considerável a possibilidade de desenvolver diabetes tipo 2. Por isso preparamos uma lista com 10 hábitos do dia a dia que podem ajudar a evitar o diabetes. Confira.

Confira também: Diet e light: diferenças, qual é adequado ao diabético

Gordura abdominal pode ser a pior entre as piores para quem quer fugir do diabetes (Foto: Divulgação)
Gordura abdominal pode ser a pior entre as piores para quem quer fugir do diabetes (Foto: Divulgação)

Alimentação com equilíbrio

Alimentação equilibrada: a alimentação é um dos aspectos mais importantes na prevenção do diabetes, pois a obesidade é um dos fatores de risco para a doença. Por isso é fundamental seguir uma dieta de baixa caloria, ricas em fibras, frutas, legumes e verduras, consumindo de forma moderada carboidratos e proteínas.

Além disso, os alimentos integrais, como arroz e pães, são alternativas saudáveis para substituir alimentos que possuem farinha de trigo, que elevam rapidamente as taxas de glicose no sangue. Recomenda-se evitar ainda açúcar branco refinado, frutas em calda enlatadas e batatas, justamente por conta da alta carga glicêmica. O ideal é procurar orientação de nutricionista para aderir à dieta mais adequada para cada organismo.

Faça boas escolhas na hora de se alimentar (Foto: Divulgação)
Faça boas escolhas na hora de se alimentar (Foto: Divulgação)

Coma frutas sem exageros

Frutas sem exagero: todo mundo sabe que é bastante saudável ingerir frutas diariamente, mas é preciso estar atento na quantidade de frutose (açúcar natural) e carboidrato presentes nelas. Quem tem predisposição para o diabetes deve evitar, por exemplo, uvas e caqui. A recomendação não é eliminar esse tipo de alimento, mas consumi-lo com moderação.

Mais informações sobre: Truques culinários para quem tem diabetes

10 hábitos do dia a dia que podem ajudar a evitar o diabetes (Foto: Divulgação)
10 hábitos do dia a dia que podem ajudar a evitar o diabetes (Foto: Divulgação)

Pratique atividades físicas

Não ao sedentarismo: juntamente com a alimentação saudável, a prática de exercícios físicos também é peça chave para evitar o diabetes. O ideal é realizar atividades de forma regular, de três a cinco vezes na semana, como caminhadas, corrida, ciclismo, hidroginástica e natação. É importante ainda aliar exercícios aeróbicos com musculação. Além disso, recomenda-se o acompanhamento de profissional da área para indicar os melhores exercícios de acordo com as condições físicas de cada um.

Controle do peso: estudos revelam que 80% dos diabéticos tem sobrepeso ou são obesos. Isso porque o excesso de peso impede os tecidos do organismo de captar a glicose mesmo com a ação da insulina. Então, é bom ficar atento à balança.

Perca a barriga: a gordura visceral acumulada na região abdominal, que também se concentra no fígado e entre os intestinos, é um dos fatores de risco para o diabetes. Essa gordura faz com que o pâncreas produza mais insulina para que a glicose consiga entrar nas células e esse excesso de insulina leva a várias mudanças no metabolismo, como aumento da pressão arterial e do colesterol.

Hábitos que te ajudam a se dar melhor no dia a dia (Foto: Divulgação)
Hábitos que te ajudam a se dar melhor no dia a dia (Foto: Divulgação)

Durma bem e nada de estresse

Durma bem: estudos apontam que dormir mal (pouco ou de forma inconstante) aumenta o risco de obesidade e mesmo de diabetes. O motivo é que noites mal dormidas mexem com o relógio biológico e retardam o metabolismo, o que pode refletir no peso, principalmente, se a pessoa não tiver uma alimentação saudável e não praticar atividades físicas.

Evitar estresse: o estresse aumenta a produção de hormônios que contrarregulam a ação da insulina, da mesma forma que os distúrbios do sono. Além disso, o estresse pode desencadear hipertensão, que é um problema que está diretamente ligado ao diabetes. O estresse ainda favorece processos inflamatórios no organismo, o que pode afetar ainda mais a produção de insulina e levar ao acúmulo de glicose no sangue.

Leia mais informações sobre: Pontos comuns entre diabetes e colesterol

Tenha hábitos saudáveis

Sem cigarro: o fumo pode facilitar o desenvolvimento do diabetes porque a nicotina afeta a ação da insulina, elevando os níveis de glicose no sangue. Se combinado com a obesidade e hipertensão, o tabagismo ainda piora o quadro de pacientes já diabéticos.

Evitar bebidas alcóolicas: consumir álcool em excesso pode favorecer o diabetes, pois contribui para o excesso de peso e gordura abdominal. O álcool em excesso também aumenta o acúmulo de gordura no fígado e gera resistência à insulina.

Check-ups: ir ao médico com frequência e realizar exames periódicos é fundamental para acompanhar a saúde e monitorar os níveis de glicose no sangue. Dessa forma, qualquer alteração é detectada precocemente e, com o alerta, o diabetes pode ser evitado.

 

/* */