Diagnóstico de diabetes: como lidar

Ser diagnosticado com diabetes, em um primeiro momento, pode parecer ser um pouco assustador, causar certa confusão e gerar inúmeras dúvidas. Muitas vezes, o paciente fica inseguro e triste, o que dificulta a aceitação da doença e do tratamento. Mudar o estilo de vida, aderindo a uma alimentação saudável e à prática de exercícios físicos, não é tarefa fácil, mas é perfeitamente possível. Lembre-se: você não está sozinho.

Existem milhares de pessoas em todo o mundo convivendo de forma tranquila com o diabetes, muita informação para suporte e auxílio médico especializado à disposição. Pensando na importância desse primeiro contato com a doença, preparamos este post para saber Diagnóstico de diabetes: como lidar.

 

Diagnóstico de diabetes: como lidar (Foto: Divulgação)
Diagnóstico de diabetes: como lidar (Foto: Divulgação)

Diagnóstico de diabetes

Quando uma pessoa é diagnosticada com diabetes, geralmente, ela possui histórico de um estilo de vida sedentário e uma alimentação desregrada. Abandonar esses hábitos e adquirir novos é fundamental para controlar a doença e evitar complicações futuras. É um grande desafio a ser enfrentado, mas conscientizando-se da sua nova condição, com o apoio familiar, acompanhamento médico, força de vontade e disciplina no tratamento, fica mais fácil para o paciente lidar com a doença e garantir qualidade de vida.

Aposte no diagnóstico precoce dessa doença que mata milhares todos os anos (Foto: Divulgação)
Aposte no diagnóstico precoce dessa doença que mata milhares todos os anos (Foto: Divulgação)

Estilo de vida equilibrado ajuda diabético

O diabetes exige uma série de cuidados diários para desenvolver um estilo de vida equilibrado, com tratamento específico, alimentação saudável e a prática regular de atividades físicas para controlar a quantidade de açúcar no sangue e manter seus níveis dentro dos limites seguros.

No começo, essas mudanças são mais difíceis de serem incorporadas para quem seguia hábitos totalmente opostos, mas com o tempo elas vão ficando menos “penosas” e acabam se naturalizando. Portanto, tenha em mente sempre que as dificuldades iniciais é uma questão de adaptação e que passar por essa fase facilitará a sua vida no futuro.

 

Existem muitas formas de cuidar da diabetes (Foto: Divulgação)
Existem muitas formas de cuidar da diabetes (Foto: Divulgação)

Geralmente, quando precisam mudar o estilo de vida, as pessoas enfrentam cinco fases: não-consciência, quando ainda não pensou sobre mudar de hábitos; tomada de consciência, quando a pessoa considera que pode ter vantagens em mudar de hábitos; estar preparado, quando ela está pronta para agir e mudar; ação, quando toma as medidas para adotar as mudanças; e manutenção, quando a pessoa adotou mudanças e agora trabalha para mantê-las.

Veja mais informações sobre: 4 agravantes da diabetes: informações, dicas

Tenha um bom diagnóstico de diabetes e não se desespere com a doença e suas restrições (Foto: Divulgação)
Tenha um bom diagnóstico de diabetes e não se desespere com a doença e suas restrições (Foto: Divulgação)

Negação da doença

Ao se ver obrigado a conviver com o diabetes, o paciente tem duas opções: negar a doença e sofrer por ela ou aceitá-la e enfrentar seus desafios para viver melhor. O segredo está na forma como enxergamos as mudanças, nas atitudes e pensamentos positivos. Além disso, é de extrema importância o acompanhamento de profissionais da saúde (médicos, nutricionistas, educadores físicos, etc), pois eles indicarão o tratamento adequado em vários aspectos do seu corpo e ajudarão no enfrentamento da doença.

/* */