Exame de Curva Glicêmica TOTG | O que é, Como Funciona?

O Exame de Curva Glicêmica deve ser feito no hospital, ele serve para simular como ficam os níveis de açúcar no sangue e avaliar como os níveis de açúcar no sangue se comportam.

No Exame de Curva Glicêmica deve ser feito um jejum de 8 a 12 horas, é necessário também que paciente beba um liquido doce que é a Glicose, o objetivo é investigar e avaliar como os níveis de açúcar no sangue se comportam após algumas horas.

Como Funciona o Exame de Curva Glicêmica?

Para realizar o Exame de Curva Glicêmica é necessário algumas etapas, a primeira etapa é o jejum, já que a coleta de sangue deve ser feita em jejum de pelo menos 8 horas, para a realização do Exame de Curva Glicêmico também ocorre a necessidade da ingestão de Glicose ( deve ser ingerida 1,75 mg de glicose para cada quilo, nas mulheres grávidas a quantidade de glicose pode ser de 100mg).

Exame de Curva Glicêmica TOTG
O Exame é feito através da coleta de sangue do paciente em Jejum.

O exame pode ser feito uma, duas ou três horas após a ingestão de glicose, para realização do exame deverá ser coletado o sangue por um enfermeiro, o sangue coletado é analisado por um laboratório que fará as anotações do resultado do exame em um documento Exame de Curva Glicêmico, que deverá ser entregue para o médico que avalia o tipo de Diabetes e tratamento para o pacientes.

Quais as Situações em que o Exame de Curva Glicêmico é Solicitado?

O Exame de Curva Glicêmico poderá ser solicitado para diagnostica Diabetes Tipo 2 e também para detecção da resistência a insulina, ele também é utilizado para a medição de hipoglicemia.

Em situações raras  também pode ser solicitado o Exame de Curva Glicêmica como quando há excesso de hormônios do crescimento- GH, que podem ser causado por tumores benignos da glândula hipófise.

A Diabete Gestacional também pode ser indicada no Exame de Curva Glicêmico, porém a principal utilização do Exame de Curva Glicêmica TOTG ou PGTO é para saber diagnóstico de Diabetes Mellitus.

Quais São os Valores de Referência do Exame de Curva Glicêmico?

  • Normal: É considerado norma resultados inferior a 140mg/dl
  • Tolerância Diminuída a Glicose: Entre 140 e 199mg/dl
  • Diabetes: Igual ou Superior a 200 mg/dl

O que Significam os Valores de Referência do Exame de Curva Glicêmica?

Quando ocorre o Resultado Tolerância Diminuída à Glicose significa que o paciente corre  um grande risco de desenvolver diabetes, este resultado é considerado um Pré-Diabetes.

A confirmação do Diabetes resultado superior a 200mg/dl é indicação de que o indivíduo deve iniciar o tratamento, o resultado deve receber uma confirmação de um segundo exame com coleta em jejum.

O Resultado Normal deve ser inferior a 140 e 199mg/dl, o paciente com este resultado pode se tranquilizar porque não possui Diabetes de nenhuma forma, porém é sempre bom estar atento a dieta uma vez que a dieta rica em carboidratos pode causar diabetes, mesmo em indivíduos sem pré-disposição genética.

Quando o Paciente pode Pedir o Exame de Diabetes ao Médico?

O paciente que está com a urina escura, feridas que não cicatrizam, sente muita sede e vontade de ir ao banheiro poderá solicitar ao médico o Exame de Curva Glicêmica para saber se está com níveis alterados ou se tem Diabetes Melitus.

A hereditariedade também deve ser informada ao médico, principalmente crianças com familiares que possuem Diabetes devem fazer um exame para medir os níveis de glicose no sangue e saber se tem Diabetes, o exame pode ser solicitado pelo pediatra ou especialista.

São pessoas com risco de diabetes obesos e pessoas que não praticam nenhuma atividade física, por isso acumulam açúcares e carboidratos no corpo, pessoas que consomem muito carboidrato podem também pode solicitar o exame ao médico.

Em todos os casos citados o médico provavelmente pedirá um exame simples com resultado que sai na mesma hora para saber os níveis glicêmicos, e posteriormente caso ocorra necessidade será solicitado o exame de curva glicêmico.

/* */