Taxa de Diabetes: Quais os índices aceitáveis

A diabetes é conhecida como diabetes mellitus é uma doença causada por excesso de glicose que nada mais é do que açúcar no sangue, na corrente sanguínea. Temos dois tipos de diabetes, a diabetes do tipo 1 e diabetes do tipo 2. Algumas pessoas ainda não sabem quais são os sintomas e sinais de que uma pessoa apresenta diabetes, por isso vamos falar sobre a Taxa de Diabetes e os primeiros sintomas da diabetes para ficar atento e procurar um médico quando apresentar esses sintomas.

TAXA DE DIABETES
Ficar atento aos sintomas da Diabetes é fundamental para quem ainda não tem o problema confirmado por algum exame médico.

Taxa de Diabetes

Algumas pessoas podem até achar um certo exagero, mas não é nada disso, no prazo de 15 anos a referência do pré-diabetes caiu de 140 para 99, porém não é e alguns estudos nos mostram que o organismo já começa a ser lesado quando a glicose em jejum passa de 99 e o resultado da hemoglobina glicada. O sofrimento dos tecidos é bem silencioso e começa acometendo os rins e elevando os riscos de problemas nos microvasos da retina, o que pode levar à perda de visão total.

taxa de glicose normal

Em Jejum:

  • Menor que 110 mg/dl;
  • Pré-diabetes: entre 110 a 125 mg/dl;
  • Diabetes: superior a 126 mg/dl em dois dias diferentes.

Após alimentação:

  • Depois de 2h da ingestão de alimentos, o nível deve ser menor que 140 mg/dl

Primeiros sintomas da Diabetes

Um dos sintomas que pode sinalizar diabetes é o excesso de urina que também é chamado de medicina de poliúria. A urina é uma forma de eliminar o excesso de glicose no sangue, por isso o caminho mais fácil seria por meio os rins, através da urina. Como não dá para urinar açúcar puro, o rim precisa filtrar esse açúcar com água para poder eliminá-lo. Por isso que quanto maior a concentração de glicose no sangue, mais urina será eliminada.

A sede excessiva também é um dos sintomas, principalmente pela urina em excesso, pois quanto mais urina se elimina, mais água é preciso ingerir. A sede é um mecanismo de defesa do organismo contra a desidratação que a eliminação de liquido pela urina pode causar, caso a pessoa não tome mais água. O cansaço também é um sintoma, pode ser devido a desidratação ou pela incapacidade das células em receber glicose, pois a mesma é uma fonte de energia.

A perda de peso também se enquadra nesses sintomas, pois a insulina é um hormônio responsável pelo armazenamento de gordura e pela síntese de proteínas no organismo. Na diabetes do tipo 1 tem uma ausência de insulina e por isso a pessoa acaba armazenando gordura. Ao contrário da perda de peso, também temos a fome excessiva como um dos sintomas, pois como as células não conseguem glicose para obter energia, o corpo entende que a pessoa está em jejum e a única forma de conseguir essa energia, seria por meio da alimentação.

Visão turva ou embaçada também é um dos sintomas, pois o excesso de glicose no sangue causa um inchaço do cristalino que seria a lente do olho e por isso muda a forma, a flexibilidade fazendo com que a visão se torne embaçada. Outro sintoma é difícil cicatrização de feridas, que ocorre devido a diminuição da função das células que são responsáveis pela reparação dos tecidos e também a diminuição da proliferação celular e dificuldade de geração de novos vasos sanguíneos.

sintomas iniciais diabetes tipo 1
Sintomas iniciais diabetes tipo 1

A infecção também é um sintoma justamente pelo funcionado do sistema imunológico e pela alteração do funcionamento das células de defesa. O indivíduo diabético pode apresentar infecções urinárias, infecção de pele, candidíase e também uma pneumonia. Outro sintoma é a cetoacidose diabética que é uma complicação sinalizando a diabetes do tipo 1 que seria a ausência de insulina que faz com que aconteça a queima de gordura e músculos.

/* */