Xerostomia | O que é? Tratamentos

A Xerostomia é um sintoma relacionado a falta de saliva, este sintoma do Diabetes também é caracterizado por queixa do paciente de boca seca e secura na boca. O mau hálito também pode ser causado por Xerostomia que também se caracteriza por um aumento das cáries nos dentes e vulnerabilidade na mucosa da boca.

A Xerostomia pode se apresentar de maneira severa em diferentes situações com a diminuição do apetite, atrofia das papilas, inflamação, fissuração e rachaduras na boca. Os pacientes com Xerostomia apresenta sintomas relacionados a secura da boca, ardência, queimação e dor na mucosa da língua.

As Principais Causas da Xerostomia

As causas da Xerostomia podem ser muitas, tais como Falta de Consumo de água ocasionado por uma lesão ou impossibilidade de beber água, ou Falta de Consumo de Água em pacientes que se negam a beber água pelo motivo de protesto.

O consumo de cigarro, fumo excessivo também pode ocasionar a presença de Xerostomia em pacientes que não apresentam quadro de Diabetes.

O Diabetes é a principal causa de Xerostomia em pacientes que se queixam de boca seca, é uma doença metabólica que pode ser crônica ou causada por uma dieta inadequada, doenças sistêmicas e metabólicas também são causadoras de Xerostomia.

A Xerostomia também pode estar relacionada a uma reação emocional como estresse, tendo em vista que o funcionamento das glândulas salivares depende do sistema nervoso.

A Xerostomia Crônica é aquela que pode estar presente no indivíduo desde a infância, é caracterizada por carie dental aguda, complicações periodontais e perda subsequente dos dentes.

O Tratamentos da Xerostomia

É necessário encontrar as causas de falta da produção de salivas, é indicado em alguns tratamentos uma higiene bucal rígida e controle da dieta,  as causas salivares da Xerostomia podem ser Desidratação, Alteração Cognitiva, Disfunção Sensorial Oral e Psicológica.

A causa metabólica de xerostomia mais comum é o Diabetes que deve ser controlado e tratado junto a Xerostomia, o controle do diabetes geralmente acaba com a secura na boca, por isso a presença de Xerostomia é um alerta de que o Diabetes está alterado.

O controle da Xerostomia depende da natureza e causa, na maioria das vezes a Xerostomia não tem tratamento, é possível apenas o alívio dos sintomas.

Os Tabletes de Fosfato de Cálcio e Gomas de Mascar são recomendados para reativação da secreção das glândulas salivares.

O equipamento Sialogogo detecta a possibilidade da glândula reativar, caso não seja possível a única saída é a reabilitação por saliva artificial ou necessidade de cirurgia em alguns casos.

O Diagnóstico da Xerostomia

A simples sensação de boca seca não é suficiente para a apresentação do Diagnóstico de Xerostomia, visto que a Xerostomia pode ser ocasionada por muitas outras doenças como o Diabetes. A causas da Xerostomia podem ser classificadas entre Salivares e Não Salivares.

As Causas Salivares da Xerostomia são a Desidratação, que pode ser ocasionada por muitos motivos em relação a falta de ingestão de águas ou doenças crônicas, entre as Causas Salivares também estão Alterações Cognitivas, Disfunção Sensorial e Psicológica

O estresse também pode ocasionar a diminuição da produção de saliva, uma vez que a produção de saliva está relacionada a aspectos emocionais.

As Causas de Xerostomia Não Salivares estão relacionadas a Diabetes e outras doenças causadoras de Xerostomia, bem como falta de higiene, alimentação inadequada e lesões na boca. O controle da doença depende da natureza causadora da Xerostomia.

Nos pacientes com Diabetes o Controle dos níveis glicêmicos e dieta adequada são a melhor maneira de tratar a Xerostomia, toda vez que existir alterações relacionadas ao diabetes a boca fica seca ocasionando a Xerostomia no paciente com Diabetes.

/* */